Coronavírus: como se prevenir?

Corona Vírus

Imaginem um vírus que surgiu inicialmente na cidade de Wuhan, na China, e que foi capaz de deixar cidades desertas, isolar totalmente as famílias em suas casas e afetar diretamente a vida das pessoas no mundo inteiro. Acredito que só pela descrição vocês já sabem se quem estou falando. Ele mesmo: o novo Coronavírus, conhecido também como COVID-19!!

O COVID-19

Falando um pouco mais sobre o COVID-19 ou novo Coronavírus, sabe-se que sua propagação acontece principalmente pelo contato de pequenas gotas respiratórias, por meio da tosse, fala, espirro e beijo da pessoa contaminada. Os sintomas são parecidos de uma gripe “comum”, como febre (>37,8 graus celsius), tosse, dificuldade em respirar, dor no corpo e indisposição. No entanto, existem relatos de pessoas contaminadas pelo COVID-19, mas que não apresentaram nenhum desses sintomas.

Enquanto isso, seja na TV, nos grupos de mensagens, nas redes sociais, todo mundo só fala no Coronavírus. E não é por menos. Mais de 8.000 pessoas já morreram em todo mundo e a perspectiva é de que esse número aumente nos próximos meses, caso a pandemia não seja controlada. Consequentemente, aqui no Brasil, a maioria dos estados já decretaram a suspensão das aulas e o fechamento de escolas. E milhares de adolescentes talvez não tenham ideia da gravidade da situação que estamos vivendo.

Quarentena

E entre uma notícia e outra, fiquei imaginando os meninos e meninas adolescentes que precisam tanto se socializar, interagir e conversar entre si, tendo que cumprir rigorosamente a quarentena. Realmente não é nada fácil. Mesmo que a internet proporcione uma variedade de entretenimento em casa, o contato físico se faz muito importante nessa fase na vida. No entanto, por mais que o adolescente sinta aquele ócio, um tédio sem fim, e aquela melancolia por estar “preso” em casa, é o momento de desenvolver outros sentimentos e comportamentos muito importantes, como a empatia e a responsabilidade social.

Vamos nos proteger do Coronavírus?

Assim, a melhor maneira do adolescente contribuir para a disseminação do vírus é, em primeiro lugar, ficando em casa. E lembrando sempre: quarentena não é férias! Além disso, não pode visitar o amigo para conversar sobre a vida, não pode marcar de sair com as amigas para desopilar, não pode manter contato com outras pessoas, mesmo que essas não apresentem nenhum sintoma.

Outra forma importante de contribuição do adolescente é, sem dúvidas, manter bons hábitos de higiene:
– Lavar as mãos com água e sabão. Na ausência de água, pode-se usar o álcool em gel.
– Utilizar lenço descartável ou papel higiênico para limpeza da secreção no nariz.
– Cobrir nariz e boca sempre que tossir ou espirrar.
– Não compartilhar objetos de uso pessoal, como pratos, talheres e copos.
– Realizar a desinfecção de objetos usados com frequência, como celulares, maçanetas e corrimão.

Lavagem das mãos com água e sabão

Deve-se inclusive evitar abraços, apertos de mãos e beijos no rosto.

Além dessas medidas de prevenção, o adolescente ao cumprir a quarentena está protegendo também seus familiares, pois os idosos e pessoas com doenças crônicas, como os hipertensos e diabéticos, são os maiores afetados pelo novo Coronavírus. E acima de tudo, caso o adolescente apresente alguma sintoma de gripe, deve intensificar as medidas de higiene e evitar o contato com outras pessoas.

Portanto, chegou a hora de mostrarmos ao mundo que somos capazes de vencer essa epidemia! Faça a sua parte e ajude a controlar o Coronavírus!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *